Treinar os Glúteos | não passe para 2º plano 👏

Treinar os Glúteos | não passe para 2º plano 👏

Treinar o seus glúteos e não deve ser só por razões estéticas!

O treino dos glúteos não deve ser passado para segundo plano – quer considere treinar na perspectiva da saúde, quera perspectiva de um melhor rendimento desportivo. Treinar este músculo não deve ser negligenciado, uma vez que este grupo muscular assiste o correcto posicionamento da coluna e tem também uma importância significativo no desempenho de diversas atividades.Corrida treinar

Se Correr

Treinar pouco o glúteo pode influenciar o aparecimento ou agravar a dor lombar

Através da sua relação com a posicionamento da anca, um glúteo fraco pode piorar a sua eficiência biomecânica e, consequentemente, a sua economia de corrida – gastar “muito” para correr “pouco”;

É um grupo muscular essencial para uma boa performance em subidas presentes em provas, tais como trails ou trails urbanos.

Cycle Treinar

Se a Bicicleta é a sua Paixão

Um glúteo pouco desenvolvido restringe a sua performance, uma vez que é um dos principais músculos responsáveis pela pedalagem

Pode originar o aparecimento de dores lombares se não o treinar

Sendo um músculo sujeito a grandes volumes de carga durante a pedalagem, glúteos pouco treinados podem estar mais suscetíveis à fadiga em provas / treinos de distâncias mais longas

Envelhecimento treinar

Se o seu Envelhecimento o Preocupa

Glúteos fracos podem dificultar a manutenção ou recuperação do equilíbrio em situações de queda iminente

Diversos exercícios de glúteo podem promover um aumento da densidade mineral óssea na zona do colo do fémur – um local frequente de ocorrência de fraturas ósseas

As posturas incorretas e o aparecimento de dores lombares podem ser facilitados se não treinar bem os seus glúteos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *